Destaques

  • dr,sou casada com meu segundo marido há 6 anos,o marido q achei jamais encontrar ,o hm q pedi a Deus,perfeito ,até descobrir um cadastro dele em um site porno se propondo a participar d sexo grupal,sexo por telefone,swing,foi uma decpção tremenda,já q p mim ele era + q perfeito,ele tinha esse cadastro á 2 anos,mas jura nunca ter acontecido nd além d trocas d email,e agora dr oq faço perdoo ele afinal ele tem mil e uma qualidade e temos 2 filhin has gemeas d 4 anos,ou mando ele pro inferno?por favor me ajude.

    Giovana, 31 Anos - Ver Resposta

    Giovana, calma.
    Perceba que ele tem muitas qualidades que você valoriza muito, e parece que você não está disposta a perder tudo isso.
    Vale sim conversar com ele no sentido de entender o porque desse comportamento dele e se existe alguma insatisfação em relação a você, ou mesmo se ele está precisando de ajuda.
    Muitas pessoas fazem coisas que aos olhos do parceiro ou parceira não são aceitos. Porém, cada caso precisa ser analizado separadamente, se é algo pontual, se é frequente, quais os motivos... Casos isolados, não necessariamente, deve ser levados a "ferro e a fogo".

    Um abraço
    Claudecy de Souza
    Psicólogo – 06/69861
    Terapeuta Sexual
    Psicólogo Comportamental Cognitivo
    www.claudecy.com.br | contato@claudecy.com.br

  • OI DR,DESCOBRI Q MEU MARIDO A + OU- 2 ANOS ESTAVA CADASTRADO EM 1 SITE DE RELACIONAMENTO E Q SUAS INTENÇÕES ERA D FAZER SEXO GRUPAL E SWING,FIQUEI ARRAZADA C ISSO,NÃO SEI SE O PERDOO OU NÃO,JÁ Q NÃO DESCOBRI NADA D CONCRETO,ELE ME DISSE Q NÃO TEVE CONTATO PESSOAL COM NINGUÉM,MAS NÃO CONSIGO ACREDITAR AFINAL FORAM2 ANOS ME ENGANANDO E SE NÃO TIVESSE DESCOBERTO SERIA MAIS QNTOS ANOS,DEVO OU NÃO PERDOAR?

    Giovana, 30 Anos - Ver Resposta

    Olá Giovana.
    Entendo seu sofrimento. Sei que isso foi um choque para você.
    Porém, vejo essa situação como uma ótima oportunidade para vocês conversarem e descobrirem o que não está bem no relacionamento, e que provavelmente desencadeou essa ação dele.
    Ações assim, normalmente ocorrem quando não há um diálogo adequado entre o casal, quando não há um espaço na relação para discutirem sem acusações o que precisa melhorar ou mesmo, falar do que é importante para cada um.
    Não relutem em procurar um psicólogo caso vocês não consigam arrumar essa situação sozinhos.

    Um abraço
    Claudecy de Souza
    Psicólogo – 06/69861
    Terapeuta Sexual
    Psicólogo Comportamental Cognitivo
    www.claudecy.com.br | contato@claudecy.com.br

  • Caro claudecy. gostaria que você esclarecesse uma dúvida minha...ah algum tempo estou sempre entrando em salas de bate papo na internet e acabo conhecendo homens interessantes, entro sempre em salas de cidades vizinhas ou salas de sexo...daí acabo passando meu email e acabamos conversando sempre e já cheguei a fazer sexo virtual e por telefone... isso só aconteceu com dois dos que conheci...embora nunca tenha tido coragem pra conhecê-los pessoalmente...mas dentro desta história há um detalhe: sou casada e amo muito meu marido.mas num consigo parar de conversar com essas pessoas...atualmente, há uns dois meses venho conversando apenas com uma pessoa e qunado meu marido sai fico logo querendo entrar pra conversar novamente...falo sobre vários assuntos da minha vida pessoal ate mesmo d sexo...O que tá acontecendo comigo?

    Queila, 24 Anos - Ver Resposta

    Olá Queila.
    Ser casada e amar seu marido não a impede se experimentar outras coisas que também lhe dão prazer. E isso não necessariamente significa que você precisará deixar seu relacionamento.
    O problema é a culpa de estar fazendo algo que não é aceito pela nossa sociedade. Pois isso é considerado algo errado, traição. Que muitas vezes não passa de umas aventuras momentâneas que não há envolvimento nem levará a nada.
    Porém é importante apontar o quanto que essas aventuras estão sendo importantes para você, pois você relata: "mas num consigo parar de conversar com essas pessoas". E você deseja muito continuar essas aventuras: "quando meu marido sai fico logo querendo entrar pra conversar novamente". Esses comportamentos podem estar demonstrando que essas aventuras não são apenas aventuras, mas sim, estão demonstrando que estão tomando dimensões maiores.
    É provável também que nessas aventuras você esteja encontrando o que falta na relação. Pode ser que isso fuja ao seu controle, por isso seria importante consultar um psicólogo para entender o que está acontecendo com você.

    Um abraço
    Claudecy de Souza
    Psicólogo – 06/69861
    Terapeuta Sexual
    Psicólogo Comportamental Cognitivo
    www.claudecy.com.br | contato@claudecy.com.br

  • Olá Dr. Claudecy. Fiquei feliz de encontrar o seu site nesse momento da minha vida e espero que vc possa responder a minha mensagem. Sou brasileira casada com um alemao ha apenas 5 meses. Namoramos ha 3 anos e esse ano decidimos ficar juntos. Sempre confiei nele, sou bonita e ele sempre me fez sentir bonita também... sempre foi tudo muito bom, porém desde que eu cheguei isso mudou. Na realidade nao sei por que comecei a fazer isso, mas eu ficava olhando nas coisas dele, no computador, nao sei pra que, nao tinha motivo. As vezes achava coisas que eu nao gostava mas que deixava pra lá. Nunca foi nada sério, mas que me deixava de alguma forma chateada. Acho que o meu negócio era só espionar. Um belo dia eu decidi contar pra ele porque eu nao estava mais tao amorosa porque ela já havia percebido. Contei que olhei nas coisas dele e que eu me arrependi mas que eu gostaria de esclarecer algumas coisas já que já era tarde. Ele esclareceu mas ficou MUITO bravo de eu ter olhado nas coisas dele, se sentiu ofendido de eu nao ter confiado nele porque ele diz que jamais olharia nas minhas coisas. Quase terminamos, foi muita briga MESMO. Acho que essa briga durou umas 3 ou 4 semanas e decidi um dia conversar de vez pra gente ficar bem, e assim aconteceu. Vivemos ótimos momentos novamente. O sexo foi ótimo e a relacao divertida. Tenho que adimitir que eu frequentemente me seguro pra nao olhar mais nas coisas dele porque eu nao quero mais brigar e nao quero mais interpretar coisas sozinha. Consegui. Porém hoje de manha eu acordei mais cedo do que o normal e ele estava no computador. Percebi que ele ficou supreso em me ver tao cedo acordada. Eu acordei cedo porque estava curiosa em ver um email de uma amiga que estava com um problema na noite passada e eu sentei no computador dele pra ver. Entao ele foi se arrumar pra ir trabalhar e eu nao sei por que novamente depois de tanto tempo sem fazer isso, fui olhar no histórico dele do firefox. Tinha umas fotos de uma mulher que estava já salvo no email dele naquela vez que olhei. Era um site de notícias, nada pornográfico, mas a mulher lá, de novo, com roupas provocantes e tal. Nao dá pra entender que alguém esteja procurando uma notícia velha a nao ser que seja pra ver o que gostou novamente. Eu vim com o computador pro quarto e ele perdiu de volta pra responder dois emails. Quando me deu o computador de volta, havia deletado o histórico com aquele site. Acredito que pra que eu nao veja. E aí comeco a pensar: se deletou é porque tem culpa, ou nao? Enfim, desde aquela vez que eu procurei nas coisas dele, eu já tinha visto sites porno e nunca achei nada demais, mas percebi que era sempre quando eu nao estava em casa. Tinha semanas que ele nao me procurava mais e eu via os sites lá e agora ele me procura e acho isso hoje. Acredito que ele veja SEMPRE já que deleta o histórico todo. As vezes nao sei se valhe a pena brigar por esse tipo de coisa, mas eu adoro quando ele é sincero comigo e diz que masturbacao pra ele é relaxamento, que precisa tirar o stress as vezes, que ve os videos porno dele... mas nao consigo entender que após um dia muito bom que passamos ontem, nao sei porque ele teria que ver isso ANTES de ir pro trabalho comigo em casa. Ele poderia ter me procurado ou um homem precisa do momento sozinho? O que me incomoda nao é pornografia, é ele procurar sempre AQUELA foto daquela mulher e nao me procurar e sim masturbar. Eu acredito que nao vou conseguir guardar isso pra mim e vou querer conversar com ele, mas morro de medo das nossas brigas serem como naquelas semanas e acabarmos terminando por isso. E sempre que pergunto se ele fez, ele nega até a morte. Acho sim que isso é uma bobeira, mas acho que pra uma mulher é muito triste ver que o seu homem está procurando prazer olhando pra outra. A razao de eu estar escrevendo aqui é porque realmente nao tenho com quem falar. É muito difícil se abrir com alguém sobre esse assunto, nao consigo confiar. Tirando o fato de eu nao conhecer quase ninguém neste país. Espero que vc possa me ajudar a entender um pouco melhor os homens. Nao entendo mesmo. Obrigada pela atencao. Até mais,

    Gabby, 24 Anos - Ver Resposta

    Oi Gabby.
    Você deve estar muito perdida... não é?
    Eu sei que essas coisas mexem muito com muitas mulheres. Na verdade em vários casos as mulheres pensam bem diferentes do homem. São mecanismos, modos de encarar as situações diferentes. E isso se dá devido a criação, os valores, as crenças de cada um. E quando não compreendemos o outro, normalmente ocorre o conflito.
    Sei que para boa parte das mulheres, saber que seu parceiro deseja outra mulher, que gosta de ver fotos de mulheres peladas, que prefere se masturbar sozinho a ter relações com a parceira é sinal de que algo não está bem, que aquela "tal" mulher é mais importante que você. Calma, pode não ser não é nada disso. Mulheres e homens pensam diferentes. Tem um livro chamado "Por que os homens fazem sexo e as mulheres fazem amor?" que mostra um pouco dessas diferenças.
    Por outro lado, estar com uma pessoa estrangeira e num país diferentes, sem conhecer a cultura, sem ter amigos, não é fácil. Isso gera insegurança, receios... E imagino que é assim que você se sente. Mas vá devagar, nade de mexer nas coisas dele. Assim ele não confiará em você, se sentirá mal na relação e com isso virão mais conflitos. Ao contrário disso, converse muito com ele, tente compreender os sentimentos dele, e não o acuse. Assim vocês terão melhores condições de se aproximarem mais, serem mais íntimos e com isso a relação crescer mais. Lembre-se, somos diferentes.

    Um abraço
    Claudecy de Souza
    Psicólogo – 06/69861
    Terapeuta Sexual
    Psicólogo Comportamental Cognitivo
    www.claudecy.com.br | contato@claudecy.com.br

  • Saudações.... Dr.Claudecy sou casada à 13 anos nunca conhece nenhum outro homem além do meu marido.Sempre fui louca por ele sempre tivemos uma relação muinto boa e saudavél e nos completavamos .Depois de 5 anos após o nascimento de nossa filha a caçula(tendo mais 2 filhos)eu não sei o q aconteceu comigo me sinto fria sem vontade de ter relaçao com ele e nem com outro homem.Conheci um amigo na net q me apeguei muinto e isso ta dificultando meu casamento ja cheguei a quere tc com ele do q fica com meu marido...não tivemos nada ele me respeita ..não entendo da onde vem essa vontade d tc com esse homem q não conheço é um estranho hoje não tc mais,mas isso ta nos prejudicando.Enquanto q meu esposo é um homem adoravél que me ama profundamente e sei q sofre com isso.Por favor me de um auxilio. Grata.

    Mariana, 30 Anos - Ver Resposta

    Oi Mariana.
    O que está acontecendo com vc é uma consequencia. É preciso saber a causa.
    Uma coisa é certa: na sua relação vc não tem estímulos suficientes para sentir vontades de manter relações ou mesmo fazer algo para criar um clima estimulante. No entanto, perceba que vc se sente atraída pela outra pessoa que conheceu na internet. Provavelmente ele te proporciona o que seu marido não proporciona.
    Pode ser que vcs não consigam ver quais comportamentos precisam ser mudados para melhorar essa relação, por isso, penso que seria muito bom vcs procurarem umterapeuta de casal.

    Um abraço
    Claudecy de Souza
    Psicólogo – 06/69861
    Terapeuta Sexual
    Psicólogo Comportamental Cognitivo
    www.claudecy.com.br | contato@claudecy.com.br

  • Dr. Claudecy, estou muito confusa, presciso de ajuda, sou casada a 10 anos, e sempre meu marido me cobrou na questão sexual, sempre me cobrando carinho, beijos e td mais, de uns meses pra essas cobranças ficaram piores e pra piorar a situação da nossa relação, conheci um homem na net e começamos a conversar e transar virtual e por telefone, desde então a situação piorou muito, pois perdi, totalmente a vontade de transar com ele e at mesmo te beijo-lo, já falei isso pra ele, já pensamos em separar, mas ele não aceita e diz q me ama muito, e como tenho dois filhos, penso muito neles, e na situação q será muito dolorosa.....como posso preceder..o que fazer, por favor me de um conselho do q está acontecendo comigo. grata

    Bia, 29 Anos - Ver Resposta

    Oi Bia, pelo seu relato, você sempre teve dificuldades em expressão o sente ao seu marido. Você já teve outros relacionamentos? Neles você teve dificuldade de se expressar também?
    A dificuldade de demonstrar os sentimentos tem vários motivos, entre eles, ao longo de sua vida você pode não ter aprendido a demonstrar ou, quem sabe, nessa relação, talvez seu marido não te dê condições ou motivos para você ter vontade de fazer carinhos nele, de querer fazer sexo, de demonstrar seus sentimentos por ele...
    Por outro lado, perceba que com esse relacionamento virtual você demonstra, faz sexo virtual e pelo telefone e tem vontade de continuar. Isso significa que o que você recebe nessa relação virtual é gratificante para você, e por isso você o deseja novamente.
    Você casou muito nova, talvez não pôde viver muitas coisas que agora está sentindo vontade, entre elas, algumas aventuras, e isso você está tendo nessa relação virtual.
    É importante você começar a olhar para você, para seus sentimentos, suas vontades, coisa que você há muito tempo não faz, e escolher o que é melhor para sua felicidade. Pois viver uma fida triste, apagada não tem graça, não promove seu crescimento. Às vezes precisamos ser um pouco egoístas, pois parece que você se dedicou todo esse tempo para seu marido e filhos e se esqueceu de você.
    Caso não consiga resolver essa situação, procure um psicólogo para te ajudar.

    Um abraço
    Claudecy de Souza
    Psicólogo – 06/69861
    Terapeuta Sexual
    Psicólogo Comportamental Cognitivo
    www.claudecy.com.br | contato@claudecy.com.br

Contato

  • (11) 5092-3898
  • (11) 93800-4469
  • contato@claudecy.com.br
  • Av. Bem-te-vi, 333 - Conj. 61 - Moema - SP

Mídias Sociais

Newsletter

Cadastre-se e receba novidades em seu e-mail