Destaques

  • Boa tarde Dr. Gostaria de tirar umas duvidas, sou casada ha 3anos, tenho 26anos e meu marido tem 33. Eu casei virgem e ele não. Ele teve um caso aos 18anos com uma mulher casada, onde só tiveram relações 3vezes(assim ele me afirma). Já aos 25 ele começou um namoro onde durou 4anos e onde eles tinham relações sexuais as escondidas e rapidinho. Depois do término desse relacionamento foi que começamos a namorar e casamos. Logo na viagem de lua-de-mel ele perdeu a ereção a primeira vez, depois que eu fiz um desfile com varias lingerie para ele, quando acabei que parti pro vamos vê, ele já tinha perdido a ereção e ficou muito desapontado me falando que aquilo nunca tinha acontecido com ele. Eu sou uma pessoa muito impaciente e não sei bem disfarçar minha insatisfação e ele fala que isso o atrapalha muito.Depois desse episódio isso aconteceu varias vezes com ele. E eu sou do tipo que quero atingir o orgasmo todas as vezes que tenho relação. Isso é normal? Ele está com uns 115k, sempre falo que acho que o problema da ereção é devido ao excesso de peso, mas ele sempre fala que são os problemas da falta de dinheiro, e que ele vai emagrecer. Sendo que nunca tivemos uma condição financeira muito boa e ele não se esforça nem um pouco para emagrecer. Eu sou uma pessoa muito fogosa e tenho medo desse problema esfriar nossa relação. O que devemos fazer?

    Suelen, 26 Anos - Ver Resposta

    Olá Suelen.
    Eu entendo que essa situação é muito ruim para os dois. Para ele, por estar com sobrepeso, ganhando mal, sem forças para reagir, com problemas na ereção, com a esposa fogosa que quer sempre gozar nas transas (o que está certo) e tudo isso o faz sentir-se pressionado, porque além de tudo não consegue manter a ereção. Por outro lado, não é bom para você, pois acaba se sentindo não realizada, infeliz, sem admiração pelo marido... Bom, fica difícil pensar numa relação saudável com esse cenário.
    Suelen, seria muito importante que ele procurasse ajuda, que fosse atrás de um psicólogo, especializado em sexualidade para ajudá-lo.

    Um abraço
    Claudecy de Souza
    Psicólogo – 06/69861
    Terapeuta Sexual
    Psicólogo Comportamental Cognitivo
    www.claudecy.com.br | contato@claudecy.com.br

  • Olá Doutor!!!! É um prazer em conhece-lo, e parabens pelo site, pois acredito que além de ajudar outras pessoas talvez possa me ajudar também, pois confesso que nessa área (sexual) sou péssimo!! Mas Vamos a Questão!!! Apesar de ter 25 anos de idade sou virgem e arranjei a primeira namorada agora!!!!! Há quatro meses atrás fui pra cama com ela, e o resultado desta transa foi um desastre (meu pênis só se moveu na hora em que estava fazendo sexo oral nela e nada mais). Passado algum tempo fui mais uma vez pra cama com ela e embora um pouco mais confiante o resultado foi outra falha. Apesar do meu pênis ter ficado ereto, mas na hora da penetração parece que o membro só faltou se esconder dentro do meu corpo. Em contrapartida posso dizer quando estou sozinho me excito e me masturbo feito um doido, o qual me satisfaz completamente, mas tem um detalhe, sou um cara PERVERTIDO no sentido do sexo (não penso em penetração vaginal e as coisas comuns do sexo). Doutor isso me deixou muito confuso, pois como já disse tenho namorada mas não sei se sou capaz de transar com ela, já cheguei a pensar que não gosto de sexo, mas as vezes penso que essa possibilidade não existe, pois quase todo dia penso nas minhas perversões e maluquices, as quais acabam me excitando. Já pensei em tomar remédios (Viagra) antes de transar com ela, mas acho que seria o mesmo de estar enganando a mim mesmo e a ela. E por causa dessa dificuldade toda eu me coloquei um prazo se eu não conseguir melhorar nessa área, desisto de ter relacionamentos amorosos pro resto da vida. Só sei que estou perdido e confuso com esta questão e em nome disso eu lhe pergunto Doutor "Existe Solução para o meu Problema? Desculpe pelo desabafo e obrigado pela atenção doutor!! Um abraço e felicidades!

    Fabio, 25 Anos - Ver Resposta

    Olá Fábio.
    Vamos com calma. Seu problema tem solução sim.
    É bom observar que possivelmente outros aspectos na sua vida também estão precisando de atenção, de modo que a sexualidade é que está denunciando que você, como um todo pode estar precisando de ajuda.
    Quando você fala da sua dificuldade com a ereção e se dá um prazo para resolver, isso não vai te ajudar, pois além de você não saber o que fazer para resolver, só irá aumentar sua ansiedade e com isso piorar.
    Quanto ao uso do medicamento, penso que na sua situação não é bom, pois tudo indica que seu problema não é orgânico, por isso o remédio não resolverá o problema, no máximo poderá mascarar o problema.
    É importante que você procure ajuda, e já é o que está fazendo me enviando essa mensagem. Porém sugiro que você procure um terapeuta sexual, para juntos, resolverem essas questões.
    Muito provavelmente essa sua ansiedade em relação ao sexo está ligada a outros fatores da sua vida que também devem estar precisando de atenção.
    Caso queira mais alguma informação, ou mesmo para marcar uma consulta, poderá também ligar para mim 11 5092-3898.

    Um abraço
    Claudecy de Souza
    Psicólogo – 06/69861
    Terapeuta Sexual
    Psicólogo Comportamental Cognitivo
    www.claudecy.com.br | contato@claudecy.com.br

  • Olá, Dr Claudecy desculpe o incômodo mas é que, através da Internet, verifiquei que você possui conhecimentos de sexualidade, área que preciso de ajuda.Tenho 26 anos mas nunca consegui manter ereção numa relação sexual, apenas consigo mantê-la através da masturbação.Já descartei a possibilidade de ser homossexual, já passei por psiquiatras gerais que não ajudaram em nada, e, também, já realizei exames de sangue para confirmar que os níveis de testosterona se encontram de acordos. Estou desesperado; há alguma solução para meu caso? se sim qual tipo de tratamento (medicamento, terapia) seria preciso? Muito obrigado.

    Thiago, 26 Anos - Ver Resposta

    Olá Thiago, muito obrigado pelo contato e parabéns por você estar procurando ajuda.
    Que bom que você já passou por médicos e fez exames e tudo está ok.
    Nesses casos,quando é descartado a possibilidade de ser algo orgânico, então o que resta é o aspecto psicológico, que por sinal, é o grande real motivo das causas de problemas com a ereção.
    É exatamente esse o motivo que muitas pessoas demoram a procurar ajuda, afinal não conseguem perceber a causa do problema, e quanto mais demoram, mais grave vai ficando o problema e comprometendo outras áreas da vida da pessoa. Veja que você mesmo disse “estou desesperado”, e isso é muito ruim.
    Por isso, eu recomendo que você procure um terapeuta sexual (psicólogo especializado em sexualidade) para ajudá-lo. E quanto a sua pergunta sobre se tem solução, sim, claro que tem solução.

    Um abraço
    Claudecy de Souza
    Psicólogo – 06/69861
    Terapeuta Sexual
    Psicólogo Comportamental Cognitivo
    www.claudecy.com.br | contato@claudecy.com.br

  • Estou aflito com a minha situação, tenho 42 anos e tenho uma namorada de 19 anos, não sei pq com ela tenho dificuldade de ereção...e as vezes quando tenho perdo rápido...ou ejaculo rapido....nunca conseguir fazer com ela tivesse orgamo...Ja tomei alguns medicamentos vasodilatador e não resolvir o plroblema.....ou seja tenho vontade e na hora H eu broxo...por vafor mim ajudem a resolver tal situação.. Eu sempre fui uma pessoa franco no sexo....ou seja o meu desejo sexual e muito pouco....o que ta acontecendo....

    Ednaldo, 42 Anos - Ver Resposta

    Ednaldo, de nada vai adiantar esses medicamentos no seu caso.
    O medo de falhar causa ansiedade e essa ansiedade te atrapalha no desejo, ereção e controle da ejaculação.
    Sugiro que você procure um terapeuta sexual para ajudá-lo a resolver essa questão.

    Um abraço
    Claudecy de Souza
    Psicólogo – 06/69861
    Terapeuta Sexual
    Psicólogo Comportamental Cognitivo
    www.claudecy.com.br | contato@claudecy.com.br

  • Oi Dr. Tire-me uma dúvida por favor: o fato de um homem estar obeso pode acarretar em disfunção erétil? Mesmo que este homem tenha apenas 25 anos de idade? Este homem é fumante desde os 15 anos. Hoje ele tem 43 anos e o problema persiste. na hora do sexo fazemos todas as preliminares e quando ele obtém ereção é o maior sucesso. Querendo ajudá-lo fiz algumas perguntas e ele me disse que isto acontece desde seus 25 anos como já lhe disse acima.Propusa a ele procurar um urologista.As vezes ele tenta me evitar por medo de falhar na hora H e me deixar frustrada. quero muito ajudá-lo pois o amo. Ajude-me um abraço e aguardo sua resposta ansiosamente.bjs gdes no coração

    Andrea, 25 Anos - Ver Resposta

    Andrea, tanto a obesidade como o fumo, já é sabido pelos estudos, que fazem mal a saúde e podem afetar a ereção.
    Se isso ocorre com frequência, é importante que ele vá ao urologista verificar se existe alguma questão orgânica envolvida. Caso não exista, então procurem um psicólogo que seja terapeuta sexual.

    Um abraço
    Claudecy de Souza
    Psicólogo – 06/69861
    Terapeuta Sexual
    Psicólogo Comportamental Cognitivo
    www.claudecy.com.br | contato@claudecy.com.br

  • Dr Claudecy,tenho uma duvida que anda me atormentando muito.Meu marido fica a semana fora,e só vem na sexta e retorna na terça para o trabalho.Ele tem 43 anos e eu 34.Como todo casal claro que ja tivemos nossas crises,mas ele nunca broxou.E isto esta se tornando constante.Da primeira tentativa ele broxa,e depois consegue.Fiquei achando que ele tinha outra,conversamos,tento ajuda-lo sou muito fogosa,então faço todos os tipos de preliminares.A mãe dele faleceu a pouco e depois disso que começou a ocorrer o fato.Mas como fico a semana sozinha,seria normal ele chegar e nao broxar...Ele irá ao medico,está um pouco acima do peso,e claro estressado tb.O que o senhor sugere?que eu continue o ajudando,pq qdo ele consegue,é muito bom.Mas qdo nao eu quem fico frustrada achando que é comigo,e ele diz que não.Nos damos muito bem dentro e fora da cama.Não sei mais que faço!

    Elizangela, 34 Anos - Ver Resposta

    Oi Elizangela, obrigado por visitar meu site e por procurar ajuda.
    Na verdade você já está fazendo duas coisas muito importantes para ele: procurando ajuda e tentando deixá-lo tranqüilo.
    Porém será necessário entender o que está causando isso. Você falou que está acima do peso, estressado e teve o episódio da mãe. Todos esses fatores podem contribuir para essa dificuldade, mas será preciso ele ir a profissionais qualificados para ajudá-lo. Ir a um urologista será bom, pois verá se existe alguma questão orgânica envolvida desse problema. Caso não haja (o que, pelo seu relato, provavelmente não há), sugiro que ele vá a um psicólogo que seja terapeuta sexual. A sua participação no processo com esse segundo profissional será muito importante.

    Um abraço
    Claudecy de Souza
    Psicólogo – 06/69861
    Terapeuta Sexual
    Psicólogo Comportamental Cognitivo
    www.claudecy.com.br | contato@claudecy.com.br

  • Boa tarde Dr Claudecy de Souza, sou Diego, tenho 22 anos, resido em Salvador Ba. Sou uma pessoa feliz, pratico hábitos saudáveis, já tive relação sexual normalmente com outras mulheres, mas com a minha atual namorada, pala segunda vez deu errado da minha parte. Nos nossos encontros (praia, cine) tenho ereção com ela normalmente, mas quando vamos ao motel onde é o único local que podemos ficar a sós no momento, não consigo, fico ansioso, minha temperatura corpórea aumenta. Gosto muito dela e ela de mim. Preciso de uma orientação. Desde já muito obrigado.

    Diego, 22 Anos - Ver Resposta

    Diego, o que está te atrapalhando é a ansiedade causada pelo medo de falhar. Perceba que quando vocês estão em locais que não dá para transar, você fica muito excitado e com ereção, é como se você se sentisse seguro, já que não vai poder transar mesmo. Mas quando o local permite transar, logo vem o medo de falhar.
    Será preciso você ficar presente na hora da transa, ou seja, prestar atenção no momento, nas sensações que as carícias do momento proporcionam.
    Sei que para algumas pessoas isso não é fácil, mas caso você não consiga, procure um terapeuta sexual que vai ajudá-lo a aprender fazer isso.

    Um abraço
    Claudecy de Souza
    Psicólogo – 06/69861
    Terapeuta Sexual
    Psicólogo Comportamental Cognitivo
    www.claudecy.com.br | contato@claudecy.com.br

  • Dr. Preciso de sua ajuda!!!! Eu namoro a 3 meses, e sempre que tive relações sexuais com meu namorado correu tudo muito bem. Mais das ultimais vezes em que tivemos relações sexuais ele perde a ereção na hora da penetração... Fazemos as preliminares e ele tem ereção normal, fica muito exitado, sinto que ele realmente gosta de mim, o unico problema realmente é na hora da penetração que ele perde a ereção completamente.. e issu esta prejudicando nosso namoro, pq é muito bom as outras coisas que nos dão prazer na hora da relação, mais a melhor forma de eu sentir prazer é no ato sexual, e sem ereção é impossivel termos uma boa relação. Tenho muita paciencia com ele pra não deixa-lo contrangido, sempre falo p/ ele ficar calmo e não ficar ansioso que uma hora a gente consegue, tento passar p/ ele segurança e tranquilidade, mais não esta dando certo. Eu ja perguntei p/ ele se alguma coisa esta atrapalhando ou encomodando ele na hora da relação e ele diz que não... Por favor Dr. me ajuda a solucionar o nosso problema. Sendo que ele tem ereção e ejaculação normal quando eu faço sexo oral nele ou quando o masturbo, o unico problema é na hora da penetração... Vou ficar aguardando contato. Bjokas muito Obrigada.

    Alanis, 22 Anos - Ver Resposta

    Olá Alanis.
    Penso que essa situação é no mínimo desagradável, não é? Afinal, não poder desfrutar da sexualidade de modo gostoso e saudável, é muito ruim.
    É bom observar que possivelmente outros aspectos na vida dele também estão precisando de atenção, de modo que a sexualidade é que está denunciando que ele, como um todo pode estar precisando de ajuda.
    É importante que vocês procurem ajuda, e já é o que está fazendo me enviando essa mensagem. Porém sugiro que vocês procurem um terapeuta sexual, para juntos, resolverem essas questões.
    Apesar dele dizer que não está com algum problema, você é a testemunha de que algo não está bem.
    Alanis, para um homem é muito difícil essa situação, é doloroso, mexe diretamente com a masculinidade dele. Por isso, num primeiro momento é normal não assumir que não está acontecendo nada, mesmo porque muitos não sabem o porquê do problema. Mas você está de parabéns, pois não pressiona e ainda está procurando ajuda de um especialista para ajudá-lo, parabéns por isso.
    É claro que essa situação a incomoda muito também, e como você disse desse modo, apesar de amá-lo, ficará difícil continuar a relação se isso não mudar. Você está certa, pois pela minha experiência no atendimento dessas questões já ouvi muito sobre términos de relacionamentos porque a outra pessoa não suportou essa situação. O problema maior é quando se demora para iniciar um tratamento. Como com qualquer problema, quanto mais cedo tratar, mais fácil fica.
    Caso queira mais informações ou mesmo marcar uma consulta, pode ligar para mim 11 5092-3898.

    Um abraço
    Claudecy de Souza
    Psicólogo – 06/69861
    Terapeuta Sexual
    Psicólogo Comportamental Cognitivo
    www.claudecy.com.br | contato@claudecy.com.br

  • Dr. claudecy, tenho 22 anos, trabalho muito e estudo, tenho uma namorada de 28 anos, temos uma vida sexual ativa, acontece que de uma semana pra cá tive problemas tres vezes consecutivas para manter a ereção, oque pode ser dr. ? isso me preocupa muito pois a primeira vez ela ficou nervosa, agora tenho medo de falhar e não dar outra! por favor me ajude!

    Roberto, 22 Anos - Ver Resposta

    Roberto, nosso corpo é uma máquina perfeita, porém tem limites. Essas dificuldades que você se refere, são sintomas que estão mostrando que você está passando do limite. Será preciso você rever seu tempo, administrar de modo que tenha mais tempo para descansar, para lazer, para você.
    Claro que esse medo de falhar só vai te atrapalhar mais, pois a ansiedade é inimiga da ereção.
    Após mudar seus comportamentos, se o problema persistir, procure um terapeuta sexual próximo a você.

    Um abraço
    Claudecy de Souza
    Psicólogo – 06/69861
    Terapeuta Sexual
    Psicólogo Comportamental Cognitivo
    www.claudecy.com.br | contato@claudecy.com.br

  • Gostaria de resolver essa situação que já vem se arrastando por 1 ano, meu marido nao consegue mais ter ereçao, já procuramos o urologista, fez exames tomou calmantes e até viagra, mas nada adiantou, ele fica muito aflito, porque sempre tivemos uma ótima realção, nossa convivência é muito boa, estamos juntos a 26 anos, eu já estou perdendo a vontade de transar, já que está cada vez mais difícil para ele, fica muito constrangido e chora muito, o que devemos fazer?

    Ivone, 48 Anos - Ver Resposta

    Olá Ivone, obrigado por visitar meu site e parabéns por estar procurando ajuda.
    Existem duas causas para disfunção erétil: a orgânica e a psicológica.
    Ter ido ao médico foi muito bom, pois pelo seu e-mail parece que a possibilidade de ser algo de fundo orgânico já está descartada, pois mesmo com as orientações médicas e uso de medicamentos não foi resolvido.
    Então só resta o fator psicológico, que na grande maioria (aproximadamente 70 a 80%, dependendo da faixa etária) das pessoas com disfunção erétil a origem é psicológica.
    Entendo o que você está sentindo, pois atendo com muita freqüência essa queixa e tenho contato com as parceiras e sei do sofrimento.
    Quanto ao seu desejo, a vontade de transar, sem dúvidas fica abalado, afinal, depois de muitas tentativas frustradas é esperado essa não vontade.
    Essa situação é ruim para os dois. Ele também sofre muito com isso. Porém, essa sua ação de estar procurando um especialista em sexualidade, sem dúvidas é o caminho para ajudá-los a resolver o problema da ereção bem como a questão do seu desejo e a também ajudar essa relação que imagino estar machucada.
    Parabéns mais uma vez por você estar procurando ajuda.
    Caso queira mais alguma informação ou mesmo marcar uma consulta pode ligar para 5092-3898.

    Um abraço
    Claudecy de Souza
    Psicólogo – 06/69861
    Terapeuta Sexual
    Psicólogo Comportamental Cognitivo
    www.claudecy.com.br | contato@claudecy.com.br

  • Dr. Claudecy eu sempre fui muito ativo sexualmente porém, de uns dias para cá eu estou com dificuldade de ereção tenho passado por alguns problemas no trabalho que tem me tirado muito do sério. Tenho tido dificuldade de ereção tanto com minha esposa como com outras mulheres.Tenho um relacionamento extra de mais ou menos 2 meses que no começo era excepcional agora eu não consigo ter relações com ela o pênis até fica rígido porém ele vai embora rapidinho as vezes dá aquele suor frio e eu tenho me cobrado muito neste sentido sinto que estou psicologicamente afetado com este problema. Como resolver isto? me ajude Dr. Obrigado.

    Ricardo, 35 Anos - Ver Resposta

    Olá Ricardo.
    Sei o quanto essa situação é desagradável. Porém, essa dificuldade com a ereção é um sintoma que está demonstrando que algo não está bem. Nosso organismo encontra diferentes maneiras para nos mostrar que precisamos mudar o modo de nos relacionarmos com o meio.
    Você fala que está com problemas no trabalho, pois então saiba que isso afeta diretamente a vida sexual das pessoas. Também comenta que tem um relacionamento extra, o que pode demonstrar que você não está tão satisfeito com sua esposa.
    Essas dificuldades de fato podem tirar sua atenção do sexo. Fica muito difícil querer ter uma boa relação sexual se você está ansioso na hora do sexo, pensando em outras coisas, pensando nos problemas do trabalho, se sua esposa vai descobrir a outra...
    Está na hora de você parar para cuidar de você, caso contrário isso tende a aumentar e vai comprometer outras áreas da sua vida.
    É importante que você procure um psicólogo, de preferência que seja um terapeuta sexual para ajudá-lo.
    Durante o processo terapêutico você descobrirá que tem várias coisas na sua vida que precisarão ser mudadas. Nem sempre é fácil esse processo, mas não há crescimento sem dor. Será preciso você colocar sua vida como prioridade para poder resolver o que está te atrapalhando e impedindo que você se desenvolva mais.

    Um abraço
    Claudecy de Souza
    Psicólogo – 06/69861
    Terapeuta Sexual
    Psicólogo Comportamental Cognitivo
    www.claudecy.com.br | contato@claudecy.com.br

  • Dr. tenho 20 anos e namoro a 6 meses. Minha namorada tem 21 anos e jah tinha tido experiencia sexuais antes de mim.. eu era virgem qdo comecei a namorar com ela. Desde quando começamos a ter relações sexuais eu tenho ereção normalmente, mas eu a perco durante a penetração e depois volta, e tambem a perco quando vo por preservativo, nesse caso nao voltando. Nao sei o que fazer, esse problema eh psicologico certo? Poderia tentar tomar um comprimido estimulante como o cialis? para recuperar a confiança em mim e assim ir acertando meu lado psicologico. Por favor aguardo sua resposta. Abraço

    Victor, 20 Anos - Ver Resposta

    Oi Victor, seu problema é psicológico. Por isso não faz sentido o uso de medicamento.
    É preciso que vc procure um psicólogo qu eseja terapeuta sexual para ajudá-lo a resolver essa questão.

    Um abraço
    Claudecy de Souza
    Psicólogo – 06/69861
    Terapeuta Sexual
    Psicólogo Comportamental Cognitivo
    www.claudecy.com.br | contato@claudecy.com.br

  • Bom dia!!! Gostaria de tirar uma dúvida na qual esta pairando em minha cabeça. Tenho uma namorada a três meses, temos uma ótima relação, dormimos juntos, etc. O que acontece é que esses dias atrás, quando iamos começar a fazer amor, tive uma reação estranha, na hora em que ia começar a penetração, veio na minha cabeça que eu não ia conseguir manter minha ereção, derepente, fui ficando aflito, ancioso, e com isso rapidamente fui perdendo a ereção. Parecia um trauma, do nada aconteceu isso. Desde o começo do nosso namoro nunca tinha acontecido isso, sempre tivemos um ótimo desenvolvimento sexual, sempre fizemos amor da melhor forma possível. O problema é que a 11 anos atras, eu tinha uma outra namorada, e quando fomos transar pela primeira vez, eu estava meio alterado com vinho, ai não foi legal, só depois que eu me curei do porre é que tiveos uma relação legal. Isso ficou na minha cabeça por todos esses anos, e agora, quando me apaixono por alguem, me cobro que tenho que ter um desempenho ótimo, e com isso, surge essas coisas nas quais, vem esses pensamentos e com isso fico aflito e perco a ereção, sinto que é psicológico, pois se for com alguma mulher em que eu não sinta nenhum sentimento, as coisas correm muito bem, isso nem passa pela minha cabeça, agora se for cm a namorada na qual gosto dela, vem essa cobrança e esse sentimento horrível. Como posso me livra disso?

    Carlos, 32 Anos - Ver Resposta

    Carlos, entendo sua preocupação.
    No entento o problema não é seu pênis. Ele apenas está demonstrando que que algo não está bem com você.
    Qual a necessidade de sempre estar saíndo com outras mulheres? Por que a necessidade sempre estar conquistando? Seu relacionamento realmente está satistisfatório para você?
    É muito comum a perda da ereção quando existe relevantess aspectos ansiosos no momento da relação ou mesmo um desvio do foco da atenção.
    É provavel que ao transar com as outras mulheres você se preocupe mais com o desempenho, em querer mostrar para elas que você é o bom, de causar uma ótima impressão e abaca esquecendo de manter o foco nas emoções que esse momento pode causar.
    Você precisa de ajuda de um profissional. Procure um terapeuta sexual.

    Um abraço
    Claudecy de Souza
    Psicólogo – 06/69861
    Terapeuta Sexual
    Psicólogo Comportamental Cognitivo
    www.claudecy.com.br | contato@claudecy.com.br

  • Ola Dr. primeiramente queria parabeniza-lo pelo site.. Tenho 21 anos e esotu com probelmas.. Namoro ha 6 meses e tenho votande sexual, fico com a ereçao normal, mas o problema eh q na maioria das vezes que vou ter relaçoes com minha namorada meu penis perde a ereçao na hora da penetraçao.. O que pode estar havendo comigo? Se possivel me indique o que fazer.. Desde jah obrigado

    Anonimo, 21 Anos - Ver Resposta

    Olá. No momento da penetração você fica preocupado com seu desempenho, querer mostrar que é bom, fica pensado que não pode decepcioná-la... e tudo isso faz seu pensamento mudar de foco. Ou seja, ao invés de ficar pensando nas coisas que fariam você manter a ereção - no clima, nela, nos carinhos... - você pensa em outras coisas que geram ansiedade e por isso você perde a ereção.

    Um abraço
    Claudecy de Souza
    Psicólogo – 06/69861
    Terapeuta Sexual
    Psicólogo Comportamental Cognitivo
    www.claudecy.com.br | contato@claudecy.com.br

  • Eu já tive algumas relações sexuais com homens e mulheres mas nunca consegui chegar a um orgasmo queria saber o que devo fazer sendo que sozinho eu tenho prazer normal.
    e outra coisa eu não consigo ter uma ereção normal sempre tenho uma baixa quando estou com a pessoa. O que devo fazer?

    Alexandre, 23 Anos - Ver Resposta

    Olá Alexandre, como vai?
    Será necessário entender, com maior profundidade, o que está acontecendo com você, quais aspectos emocionais estão envolvidos, nessa dificuldade sexual.
    É importante ressaltar sua fala, que você nunca conseguiu chegar ao orgasmo na relação com outra pessoa, mas somente sozinho. Essa já é uma dica do quanto você tem de dificuldade de se entregar a uma relação. Provavelmente você também tenha dificuldade em sentir as emoções que a relação pode proporcionar.
    No entanto, muitas coisas estão por trás dessas queixas, será necessário você buscar ajuda de um psicoterapeuta sexual, para assim, você poder descobrir o que está te atrapalhando e, assim poder desfrutar de uma sexualidade mais saudável.

    Um abraço
    Claudecy de Souza
    Psicólogo – 06/69861
    Terapeuta Sexual
    Psicólogo Comportamental Cognitivo
    www.claudecy.com.br | contato@claudecy.com.br

  • De um ano para cá percebo que meu tesao anda miando, me masturbo todo dia, mais por necessidade do que por vontade, o "meninão" chega a ficar duro, mais to percebendo que anda dificil fazer ele ficar assim por muito tempo, tipo, se eu nao por a mão nele, mesmo na hora da relação, ele nao dura 30 seg. desse jeito e perco o tesão completamente.... ai ele só fica bom se começar tudo de novo. alguma vezes durante a relação com minha namorada, que ja dura a 5 anos, perco completamente o tesão, ai só gozo se for no oral. Resumindo, to perdendo a vontade por sexo, não to vendo mais tanta graça nisso, o que ta acontecendo? E nao me mandem procurar um psicologo ou um urologista que eu nao vou se nao tiver uma boa resposta. Obs.: fumo um maço de cigarro por dia e nao tenho mais folego para correr um quarterão, seria por isso?

    Guilherme, 24 Anos - Ver Resposta

    Olá Guilherme, como vai?
    Fica difícil falar qualquer coisa para você. Afinal, você deixa bem claro no seu e-mail que não vai procurar os profissionais.
    Mas como você pretende resolver essa questão? Muito interessante que você mandou um e-mail justamente para um psicólogo.
    Gostaria entender o motivo de não querer se tratar com esses profissionais.
    Guilherme, quando temos algum problema no dente por exemplo, não tem como resolver se não formos ao dentista, que é o especialista nesse assunto.
    Quando o problema é sexual, é necessário buscar um psicoterapeuta sexual, que é o especialista nesse assunto. Não adianta tentar outras vias, você provavelmente irá apenas prolongar o sofrimento que isso lhe causa.
    Agora fica para você escolher o que deseja fazer: Continuar como está ou resolver essa questão e assim poder desfrutar de sua sexualidade de modo natural e saudável.
    Caso queira conversar, estou aberto para qualquer esclarecimento.

    Um abraço
    Claudecy de Souza
    Psicólogo – 06/69861
    Terapeuta Sexual
    Psicólogo Comportamental Cognitivo
    www.claudecy.com.br | contato@claudecy.com.br

  • Doutor, tenho 19 anos, pratico esportes, faco musculacao. Namorei quase ano com uma garota. Tive a possibilidade transar com ela umas 40 vezes, destas nao conseguir penetra-la em 38 mais ou menos. O que eu notava é que antes eu ficava excitado(nas preliminares)e na hora H eu perdia a ereção em fração de segundos. Hoje so na maioria das vezes so me excito com a masturbacao. Sou uma pessoa sismatica, tenho medo, angustia, medo que aconteca de novo, medo que eu queime me filme com outras garotas, medo que se torne algo público, por isso andei me afastando uma pouco da vida do que deveria ser de um jovem da minha idade.Desde pequeno sou uma pessoa nervosa, fala rapido, sou grosso(estupido) nao tenho paciencia nem pra me alimentar direito. Hoje minha vida é uma porcaria vivo cheio de manias, medos, traumas. Nao consigo transar, nao consigo ficar excitado na hora H, me afasteu das garotas. nao vivo mais direito.

    Guilherme, 19 Anos - Ver Resposta

    Olá Guilherme.
    Deve ser muito difícil viver desse modo. Tenho a impressão que tudo isso que você contou, não te dá condições para interagir com as pessoas de modo a promover seu crescimento saudavelmente. Com isso, outros aspectos como estudos, trabalho, relacionamento afetivo, também ficam prejudicados. Isso não é bom, isso não contribuiu para seu desenvolvimento.
    Você comenta de aspectos como rigidez, manias, ansiedade, ser grosso, impaciente, além da dificuldade sexual, que sem dúvida precisam de ajuda profissional. Continuar assim, além de não ser adequado, a probabilidade é que isso se agrave.
    Será necessário entender com mais profundidade tudo isso que você relata para ajudá-lo a sair dessa. Por isso, sugiro que você procure um psicólogo para juntos entender o que leva você a se comportar assim.

    Um abraço
    Claudecy de Souza
    Psicólogo – 06/69861
    Terapeuta Sexual
    Psicólogo Comportamental Cognitivo
    www.claudecy.com.br | contato@claudecy.com.br

  • Olá dr. Claudecy, considerando minha idade deveria ter ido direto ao seu consultório e não ficar fazendo perguntas por e-mail, mas quem sabe tirando essa dúvida, e se for necessário, faça o tratamento com você. Fui sempre presente nas minhas relações, verdade que com algumas mulheres desenvolvi melhor do que com outras, mas há alguns anos não consigo mais ter ereção na presença de outra pessoa. Se me masturbar chego a ficar com medo "dele" de tão forte e saudável que fica. Imagino o prazer que daria à minha parceira; já cheguei a gozar sete vezes em questão de poucas horas. Portanto acho que não tenho nenhum problema neurológico. O problema é quando estou junto de uma parceira, não há milagre que faça este "cara" comparecer. Cheguei a pensar que era algum problema de química com minha última companheira e que tudo se resolveria assim que saísse com outra mulher, mas infelizmente não foi assim. Existe algum relato sobre este meu problema? Sou tecnicamente impotente já que não consigo penetração, mas ao mesmo tempo viril quando na masturbação. Confesso que me satisfaço quase que plenamente sozinho, mas gostaria muito de voltar a ver uma mulher enlouquecida por mim. Pra completar, minhas fantasias são geralmente com mulheres mais jovens, mas mesmo saindo com elas, o problema persiste. Agradeço sua atenção e resposta. Abraço. Santos

    Santos, 55 Anos - Ver Resposta

    Olá Santos.
    Obrigado pelo contato e confiança.
    O fato de você conseguir uma boa ereção ao se masturbar, nos dá condições de imaginar que não se trata de um problema de fundo orgânico. O que nos sugere ser algo na linha do psicológico. As possibilidades para esse sintoma, num contexto psicológico, são várias. Vale a pena investigar e entender o que está acontecendo.
    Em muitos casos, o que observamos é a presença excessiva da ansiedade. Não estou afirmando que seja o seu caso. Mas o adequado é entender o que está acontecendo com você.
    Você fala do seu ótimo desempenho sexual até a pouco tempo, por isso imagino o quanto deve ser frustrante para você não conseguir o mesmo desempenho agora. Mas nossa vida é dinâmica, por isso muitos eventos causados pela nossa relação com o meio que vivemos ou mesmo mudanças físicas, alteram nossos comportamentos.
    Pense na possibilidade de ir atrás de uma investigação para resolver essa dificuldade.

    Um abraço
    Claudecy de Souza
    Psicólogo – 06/69861
    Terapeuta Sexual
    Psicólogo Comportamental Cognitivo
    www.claudecy.com.br | contato@claudecy.com.br

  • Doutor, Não tenho nem 1 ano de casada e meu marido fica brocha sempre que o procuro. Ele está vivendo um problema no trabalho mas desde que o conheci que não o achei muito carnal, mas rolava quase sempre... rs Já tive diversos namorados e isso nunca aconteceu comigo. Não adianta fantasia, filmes, etc. Conversamos na possibilidade dele procurar ajuda médica mas vejo que tem vergonha. Não sei mais o que fazer. Agradeço se puder nos orientar. Abraços. MCristina

    Maria Cristina, 32 Anos - Ver Resposta

    Olá Maria.
    Parabéns por estar procurando ajuda especializada.
    Algumas pessoas apresentam alguma dificuldade no tema sexualidade e não saber direito o que fazer. Boa parte dos caso se dividem em problemas orgânicos, que a menor parte, e nesse caso é importante consultar um ginecologista ou urologista. Outra parte diz respeito ao aprendizado, a relação como tema na vida da pessoa. E a outra parte diz respeito a questões psicológicas/emocionais. Fatores como stress, problemas em casa, trabalho, filhos, financeiro... são comuns encontrarmos como causas para a dificuldade. Para esses casos é importante consultar um psicólogo especializado em sexualidade.
    Em muito casos, pode ocorrer a combinação do histórico na vida da pessoa de relação com a sexualidade (de ser pobre, reprimido...) e os fatores psicológicos. Pelo seu relato, fiquei com essa impressão, já que desde o começo você o via o desempenho dele de forma tímida.
    Infelizmente ele não terá alternativa, ele terá que romper essa timidez e ir a um especialista ou ficará com o problema. Vale muito a pena estimulá-lo a procurar ajuda.

    Um abraço
    Claudecy de Souza
    Psicólogo – 06/69861
    Terapeuta Sexual
    Psicólogo Comportamental Cognitivo
    www.claudecy.com.br | contato@claudecy.com.br

  • Caro Dr. Claudecy. Sou casada há 7 anos e amo demais meu marido e vivemos bem. Tenho um filho de 9 anos e tive uma filha que esta com 1 ano e 6 meses, so que desde que ela nasceu eu nao tenho tido muito interece em ter relaçoes com meu marido. Estou desesperada pois ele é super paciente mas ja esta me cobrando e disse que nao gosto de ter relaçoes com ele. Mas nao é bem assim; tenho tido muito mal estar e sinto muito calor, de ficar transpirando muito, mesmo quando nao estar tao calor. Por favor me ajudem o que devo fazer tenho vergonha de procurar ajuda e ele esta sem falar comigo por causa disso. Estou fazendo tratamento com homeopatia pois tive uma pequena depressao na gravidez sera que tem algo haver; existe algum remedio que possa tomar para voltar o desejo? Espero resp. anciosa obrigada.

    RE, 28 Anos - Ver Resposta

    Olá Re, como vai?
    Entendo que essa situação é muito desagradável, e como você já percebe, está
    trazendo consequencias ruins. É importante investigar as causas emocionais
    que estão impedindo de você desfrutar de uma sexualidade de modo saudável, não só por causa do seu marido que cobra um desempenho seu, mas sim, por você.
    Pense na possibilidade de procurar um terapeuta sexual para ajudá-la.

    Um abraço
    Claudecy de Souza
    Psicólogo – 06/69861
    Terapeuta Sexual
    Psicólogo Comportamental Cognitivo
    www.claudecy.com.br | contato@claudecy.com.br

Contato

  • (11) 5092-3898
  • contato@claudecy.com.br
  • Av. Bem-te-vi, 333 - Conj. 61 - Moema - SP

Mídias Sociais

Newsletter

Cadastre-se e receba novidades em seu e-mail