Destaques

  • Sou casada há 2 anos, e essa semana peguei meu marido na sala, se masturbando, fiquei muito magoada ele se assustou ao me ver, ficou 2 dias sem me dirigir uma palavra se quer, doutor: pq ele teve essa atitude se sempre que me procura faço de tudo para agradá-lo: sendo que na noite anterior foi Maravilhoso!!! por favor me ajude, obrigado!

    Anah, 23 Anos - Ver Resposta

    Olá Anah.
    Muitas mulheres de fato se incomodam ao saber que o parceiro se masturba. Algumas não se conformam, pois sempre estão ali disponíveis para fazer sexo, então por que ele precisa se masturbar? Em outra situação que também não agrada as parceiras é saber que o parceiro prefere se masturbar que fazer sexo com ela, e se elas insistem sempre há uma desculpa para não fazer sexo.
    Cada casa é um caso e como tal precisa ser analisado separadamente para entender os motivos de cada um.
    É importante que você saiba que é muito normal algumas pessoas fazerem distinção entre o prazer sexual a dois e o prazer solitário, no caso a masturbação. Um não invalida o outro. E nem sempre que a pessoa se masturba, mesmo tendo uma parceira ou parceiro, significa que ela não a deseja mais. Simplesmente é uma forma diferente se sentir prazer, que naquele momento ela quer somente um prazer solitário, um momento só dela. Isso é importante.
    Porém não prefere não usar essa prática, do mesmo modo precisa ser respeitado, pois também é normal.
    O que precisa ser observado, em qualquer situação é a frequência, se a pessoa prefere se masturbar e dificilmente está com vontade de fazer sexo com outra pessoa real. Então, em casos assim é preciso investigar para serber o motivo.

    Um abraço
    Claudecy de Souza
    Psicólogo – 06/69861
    Terapeuta Sexual
    Psicólogo Comportamental Cognitivo
    www.claudecy.com.br | contato@claudecy.com.br

  • OI Dr.Claudecy, Bom eu gostaria de tirar uma duvida. Quando estou fazedno sexo com meu namorado ele goza isso quando tem muito tempo que nao nos vemos, mas quando tem dois dias que estamos juntos ele demora e começa a dizer que minha vagina esta muito lubrificada e ele se masturbando ele goza. Sera que sou eu ou é ele nao sente tesao por mim? Eu fico toda excitada e com tesao e ele faz com a mao. Eu nao entendo. Eu sinto que nao estou dando prazer a ele. Quando ele nao goza diz que esta com dores e nao termina e eu fico sem graça sem entender toda excitada e com vontade! Falo com ele e ele diz que esta com dores que nao consegue gozar mais de uma vez. E ele tem mania muito de se masturbar. O que eu faço? o problema esta comigo ou com ele? o que devo falar com ele? Espero sua resposta doutor. E Obrigado

    Glaucea, 23 Anos - Ver Resposta

    Oi Glaucia, vários fatores podem contribuir para isso como, o modo como vocês transam (se é ou não bom para ele), alguma questão com ele, ou mesmo algo que tem haver com o modo como ele aprendeu a chegar o orgasmo. Você disse que ele se masturba muito, provavelmente o pressão e o modo como que ele faz ao se masturbar pode ser diferente de quando vocês transam. Isso é comum, afinal, quando aprendemos a nos proporcionar prazer, fazemos de um modo que é com para nós, e quando existe a outra pessoa isso pode ser diferente. Mas isso não é uma questão sua, você não precisa se sentir responsável por isso.
    Dialogar poder ser uma boa maneira de juntos encontrarem uma solução que fique bom para os dois.

    Um abraço
    Claudecy de Souza
    Psicólogo – 06/69861
    Terapeuta Sexual
    Psicólogo Comportamental Cognitivo
    www.claudecy.com.br | contato@claudecy.com.br

  • Olá doutor,sou casada a 8 anos,tenho 2 filhos e meu relacionamento com meu marido é bom.Mas hoje,acho q/tive uma decepção.Pela primeira vez peguei meu marido se masturbando na sala e assistindo a um programa em q/duas mulheres dançavam p/ um fotógrafo e lá tiravam suas peças íntimas,se beijavam etc... Confesso q/ já estava desconfiada pois,o vi fazendo outras vezes mas sempre q/ eu chegava perto ele conseguia desfarçar e eu não chegava aos finalmente.Ele parece ter ficado chocado pois,a cara dele era de quem tinha feito uma coisa muito feia.Pediu perdão,disse q/me ama muito ,disse q/eu e nossos filhos são tudo q/ ele tem,e q/isso se deve ao estresse e cansaço.Confesso q/ ele trabalha muito.Desta vez o peguei no momento da ejaculação.Bom doutor,gostaria então de saber se estou sendo imatura para isso ou se realmente é tudo normal.Digo q/fiquei muito chateada,cheguei a dizer para ele q/eu estava no quarto e porque não me procurou. Obrigada e um abraço.

    Helena, 30 Anos - Ver Resposta

    Helena, você está exagerando. Cada pessoa tem suas maneiras de ser estimulado. Até mesmo desejar outra pessoa é normal, se vai concretizar o ato, é outra história.
    Mas parece que esse assunto é pouco dialogado entre vocês, o que não é bom.
    O fato dele se masturbar com outros estímulos pode ter dois motivos: um é que não tem nada de errado, pois é apenas mais um estímulo o que não significa que ele não a deseja mais e que não quer mais sexo como você, simplesmente esses estímulos são mais uma maneira de sentir prazer.
    O outro motivo pode ser o oposto, ele não a deseja sexualmente mais, então usa tais recursos para se excitar. Se for essa a questão, é importante que ocorra diálogos bem abertos para se expor sobre o que cada um não está gostando no outro, e que se possível ocorra mudanças.
    Essa não é uma tarefa fácil, mas é importante que saibam que se precisaram consultem um terapeuta sexual para ajudá-los.

    Um abraço
    Claudecy de Souza
    Psicólogo – 06/69861
    Terapeuta Sexual
    Psicólogo Comportamental Cognitivo
    www.claudecy.com.br | contato@claudecy.com.br

  • Olá Doutor, fiquei um tanto aliviada quando encontrei esse site pois estou passando por um momento dificil. Sou casada a 8anos, logo no início do namoro descobri que meu marido gostava de pornografia, fiquei decepcionada, briguei e ele prometeu não ver mais, depois do casamento encontrei algumas vezes resvistas pornograficas escondidas pela casa, resultado: brigas, não consigo aceitar tal comportamento. Agora o problema é os sites na internete, ele fica horas "varias vezes" por dia vendo videos e fotos pornograficas, o pior é que agora na hora H ele começou a ter dificuldades, não consegue manter a ereção e fica insistindo ate ter orgasmo assim mesmo, demora mas consegue. Estou começando a achar que ele prefere ficar na internet vendo os filmes e com isso eu não consigo mais satisfaze-lo, pois não faço nem faria certas coisas pelas quais ele se interessa.Já peguei ele se masturbando varias vezes depois de ver os filmes mesmo quando estou em casa, não sei o que fazer, me sinto humilhada com essa situação, e o dialogo sobre o assunto é impossível, ele não quer falar no assunto aos gritos sozinha e sem solução. Me ajude, amo meu marido mas não suporto mais esse comportamento e estou pensando em me separar.

    Isabel, 26 Anos - Ver Resposta

    Isabel vamos com calma. Cada pessoa tem suas maneiras para se excitar, ver fotos e vídeos na internet é uma delas, o que não significa que quem usa dessa via, está cometendo um erro fatal e mereça ser queimado na fogueira.
    Porém, quando algumas práticas sexuais passam a ser concorrentes ou substituto da própria relação sexual com a parceira(o), isso pode significar que algo não está bem. As possibilidades são diversas, desde cuidados com a aparência até comportamentos que causam a diminuição do desejo sexual.
    Você falou que ele está apresentando problemas com a ereção, isso é uma clara evidência de que a relação está precisando de ajuda.
    Apesar de você dizer que o ama e não quer perdê-lo, será esse o resultado se vocês não cuidarem já desse problema. Perceba que ele já se recusa discutir isso com você e parece que o "diálogo" é no grito. Além disso, você já deixou claro para seu ponto de vista e o quanto recrimina que ele veja os sites e se masturbe. Com um comportamento assim, inflexível, você acha que ele sente abertura para tentar conversar com você? De expor os sentimentos dele e os porquês?
    Parece que ambos estão machucados e não estão sabendo como sair dessa situação. Então é hora de pedir ajuda de um profissional, que nesse caso, sugiro que seja um psicólogo.

    Um abraço
    Claudecy de Souza
    Psicólogo – 06/69861
    Terapeuta Sexual
    Psicólogo Comportamental Cognitivo
    www.claudecy.com.br | contato@claudecy.com.br

  • Bom dia, Dr. Claudecy Bom, estou casada ha tres anos e tenho uma vida sexual ativa, mas de um tempo pra ca percebi que meu marido estava deixando o sexo que antes era 4 ou 5 vezes na semana , por uma ou duas vezes,ele dizia sempre que estava cansado e que tinha vntade , mas o sono não deixava. Depois de muito conversar com ele, achei ate que estava sendo traida, porque ele tem desejo por mim, mas nao procurava as vezes por uma semana, ele acabou confessando que durante o dia, em qualquer momento que ele fica nervoso ou estressado, ele se masturba, chegando as vezes a 2,3 ou mais vezes num mesmo dia.Dai ele me disse que sente todo tesão do mundo por mim, e eu percebo que realmente sente, ele me ama demais, mas é so ficar nervoso no trabalho, com alguma coisa que não consegue fazer, sente uma frustação, uma depressão e vai se masturbar.Ele disse que depois sente culpa e percebe que não tem graça nesse ato, porq. não é por desejo, e sim pelo nervosismo.Isso estava acabando com nosso casamento, porque ele não me procurava e eu acabei desconfiando dele, mas agora que ele me contou, quero muito ajuda-lo e ele tb quer ajuda. O que podemos fazer a respeito disso, quem procurar? Isso é comum, eu li na internet que sao muitos casos, e tem cura? Pode ser considerado compulsão sexual? DEsde ja muito obrigada!

    Vanessa, 28 Anos - Ver Resposta

    Olá Vanessa. Parabéns por procurar ajuda, é desse modo que se evita um mal maior.
    Que bom que seu marido confiou em você e se abriu. Ele merece parabéns por isso. Pois na maioria dos casos as pessoas preferem, por motivos diversos, não contar e aí o problema dendê só a aumentar, e os conflitos entre o casal também.
    De fato, muitas pessoas encontram no sexo ou mesmo na masturbação uma maneira de aliviar a ansiedade. O mesmo acontece, na maioria das vezes, com o uso de drogas, bebida, jogo, comida, cigarro...
    No caso do sexo, por exemplo, as pessoas usam o sexo não com a finalidade do sexo, mas sim para aliviar a tensão. A maioria das pessoas que usam esse mecanismo não se dá conta que fazem isso.
    Eu precisaria saber mais detalhes do seu marido para dizer se é ou não compulsão sexual. Mas com base no seu relato, os indícios não sugerem ser compulsão sexual, mas pode estar a caminho se não for tratado.
    Como o assunto é sexual, seria muito importante ele procurar um psicólogo que seja terapeuta sexual. Pois assim será possível compreender o que está desencadeando essa ansiedade, e desse modo, juntos conseguirão resolver essa questão.
    Outra sugestão, é que vocês continuem dialogando, fale sempre o que sentem, pois assim terão melhores condições de se ajudarem também.

    Um abraço
    Claudecy de Souza
    Psicólogo – 06/69861
    Terapeuta Sexual
    Psicólogo Comportamental Cognitivo
    www.claudecy.com.br | contato@claudecy.com.br

  • Namoro a 2 anos e 10 meses e de alguns tempo para cá meu namorado prefere se masturbar ,toda vez que vai tomar banho ele se masturba. Sei que todos os homens gostam de fazer isso.ão sou de Venho aguentando isso mas não sou de ferro e acabei surtando e passei dois dias sem falar com ele, depois conversamos e disse que me sentia um lixo pois pelo menos poderia me respeitar quando estivesse na casa dele, pediu desculpas mas continua fazendo . Alguns tempo nossa vida sexual diminuiu muito,gostaria de saber o que esta acontecendo , gostaria que me ajuda-se pois meu namoro esta se acabando aos poucos pois não aguento mais isso.Ele não gosta muito de conversar sobre sexo,todas as vezes que falo alguma coisa sobre o assunto ele fica quieto. Todas as vezes que ele entra no banheiro já fico pensando que ele vai fazer .Não estou conseguindo ter relações com ele, pois penso nele fazendo. Será que preciso fazer alguma terapia, é uma obsessão o que ele faz ,. é normal tudo isso.

    Angela, 28 Anos - Ver Resposta

    Oi Angela.
    Acredito que você precisa aprender a olhar para você e a se valorizar mais.
    Parece que ele está confortável nessa situação, e por mais que vocês conversem e ele prometa que vai mudar, acaba voltando a rotina. Seria importante saber o que tem atrás desse comportamento dele, se é algo só dele ou algo em você (quem sabe algum comportamento) que contribui para ele preferir a masturbação que fazer sexo com você. Mas como ele não fala, ficará difícil saber. Seria ótimo se ele se abrisse, mas como pode ser que isso não aconteça, que tal você cuidar mais de você, se valorizar mais, investir num relacionamento que a ajude a crescer, se sentir alegre e feliz?
    Quanto a você fazer terapia, penso que seja importante para seu crescimento.

    Um abraço
    Claudecy de Souza
    Psicólogo – 06/69861
    Terapeuta Sexual
    Psicólogo Comportamental Cognitivo
    www.claudecy.com.br | contato@claudecy.com.br

  • Olá Dr. Claudecy Sou casada há 19 anos, tenho dois filhos(14 e 18) e eu e meu marido sempre nos demos muito bem sexualmente. Faz 1 ano que ele vem trabalhando em ritmo acelerado, e tenho a impressão que isso o está deixando com menos vontade de sexo. Mas o vi se masturbando na sala, e fiquei pensando se isso não é falta de interesse em mim. Antigamente ele me procurava todos os dias, e eu até falava para ele que não aguentava isso. Agora ele chega a ficar 10 dias sem me procurar. Mas continua carinhoso, dormindo agarrado comigo, e sempre dizendo que me ama. Será a masturbação normal? Eu não sabia que isso acontecia. Nós vivemos muito bem, mas confesso que ando um pouco triste por ele me procurar menos, e por vê-lo se mastubando, afinal eu nunca tive restrições para o sexo. Poderia me ajudar um pouco? Agradeço

    Cristina, 42 Anos - Ver Resposta

    Oi Cristina.
    Que bom que você está procurando esclarecimento, assim você evita sofrer.
    A masturbação é uma prática saudável, e não deve ser encarada como traição ou que a pessoa não tem mais interesse na parceira ou parceiro. Muitas vezes a pessoa só quer um prazer solitário, um momento só dela, e não tem nada de errado nisso.
    O que deve ser observado é o excesso. O mesmo ocorre com a bebida, com a comida... No caso da masturbação, quando essa acaba sendo a fonte principal de prazer, isso sinaliza que algo não está bem, e então é preciso uma investigação para saber o que não está bem.
    No seu caso, parece que a mudança na rotina de trabalho que deixado seu marido mais cansando e com menos disposição para o namoro. Mas isso é apenas uma hipótese, é preciso dialogar para entender o que está acontecendo. É importante que essa conversa não seja em tom de cobrança.

    Um abraço
    Claudecy de Souza
    Psicólogo – 06/69861
    Terapeuta Sexual
    Psicólogo Comportamental Cognitivo
    www.claudecy.com.br | contato@claudecy.com.br

Contato

  • (11) 5092-3898
  • contato@claudecy.com.br
  • Av. Bem-te-vi, 333 - Conj. 61 - Moema - SP

Mídias Sociais

Newsletter

Cadastre-se e receba novidades em seu e-mail