Destaques

  • olá tenho,sou casada a 2 anos estou gravida e meu marido prefere ficar se masturbando vendo filmes pornograficos,não me procura sempre sou eu que tomo iniciativa ele sempre tem as piores desculpas para não tranzare ja falou em transar comigo e mais duas mulheres. doutor não sou feia,não engordei muito, estou co 5 meses de gravides e mesmo quando estáva com 2 meses nem tinha barriga mas ele já me evitava. o que fasso? tamben tenho medo se nos transarmos com outras mulheres ele deixe de querer tranzar comigo de vez, e queira sempre tranzar com outras; me ajude o que fasso

    Beatriz, 22 Anos - Ver Resposta

    Olá Beatriz.
    É muito comum os alguns homens não desejarem fazer sexo enquanto a esposa está grávida. Existem vários argumentos para isso com, vai machucar o bebê, agora ela é mãe... bom, essa argumentos não tem fundamentos. Para a mulher é muito importante fazer sexo durante a gravidez.
    Porém perceba que a gravidez pode até estar sendo usar como desculpas, mas para fazer com duas mulheres, parece que ele quer. Além disso, você diz que antes ele já a evitava. É muito provável que alguma coisa não está bem para ele, e isso precisa ser investigado para descobrir o que é.
    Conversar com ele, de modo aberto pode ser um bom começo. Porém se não conseguirem, seria legal irem a um psicólogo de casal.

    Um abraço
    Claudecy de Souza
    Psicólogo – 06/69861
    Terapeuta Sexual
    Psicólogo Comportamental Cognitivo
    www.claudecy.com.br | contato@claudecy.com.br

  • Dr. estou grávida, eu e meu marido temos uma relação de bastante amor, antes de engravidar ele já tinha a maior proteção comigo, agora q engravidei a barriga está mais visivel,agente ñ faz amor como faziamos,com tanta frequência, mais por ele ,ele tem medo de me machucar machucar o bebê, ele ñ toca na barriga com medo de machucar,é normal, eu converso muito com ele pra ver se diminui esse medo,eu tenho muita vontade, de fazer amor, mas ele tem mais receio,o que é q eu faço?

    Polianna, 25 Anos - Ver Resposta

    Olá Poliana.
    Em muitos casos o que falta é informação apropriada para. O bebe está muito bem protegido. Inclusive é muito importante a mãe ter relações nesse período também. Pois apesar das mudanças no corpo, elas sentem que o marido as deseja.
    Há casos em que o marido perde o desejo pela esposa, como também há mulheres que diminuem o desejo durante a gestação. O que pode ser muito normal, já que existe uma grande mudança hormonal e sua a tenção está voltada para o bebe.
    No último mês, é comum que se presente dificuldade para a relação sexual, pois a barriga estará muito grande e com isso pode aumentar o incômodo.
    Pode dizer para seu marido que não há problemas e que ele ter relações sim com você, aliás, deve.

    Um abraço
    Claudecy de Souza
    Psicólogo – 06/69861
    Terapeuta Sexual
    Psicólogo Comportamental Cognitivo
    www.claudecy.com.br | contato@claudecy.com.br

  • olá! estou vivendo uma situação confusa em meu relacionamento,estou casada a uns 3 anos e tenho uma filha de 2 meses, sempre fui uma mulher fogosa e antes de engravidar eu e meu marido transavamos frequentemente e ele tinha muito desejo e era muito fogoso. depois que minha filha nasceu ele simplismente mudou vejo que ele não sente desejo por mim nem tesão nada, tenta disfarçar quando o procuro e da pra contar as vezes que fazemos sexo eu continuo cada vez mais com muita vontade só que estou ficando frustrada pois ele sempre diz que não sabe o que está acontecendo e nunca tá com vontade, eu sinto falta de transarmos que nem antes não sei o que fazer tenho muito tesão mas vejo e sinto que ele não, ele sempre se empenhava para me dar prazer e agora parece que só transa por obrigação e de vez em quando. O que pode estar acontecendo li que o homem pode passar a enxergar a mulher depois que tem filho como mãe do seu filho e não mais como mulher é verdde? estou realmente preocupada pois não aguento ficar sem sexo e estou me sentindo rejeitada por ele.

    Polaka, 29 Anos - Ver Resposta

    Olá Polaka.
    Sim, é comum, mas não uma regra, o homem mudar sua visão sobre a parceira de mulher para mãe. Porém cada caso precisa ser investigado individualmente. Existem outros fatores além da questão do filho ou de que ela agora é mãe. Por exemplo, na minha experiência clínica, eu percebo muito mais aspectos na parte comportamental da mulher que contribui para essa mudança no desejo.
    Há casais que como nascimento dos filhos passam a se referir ao outro como papai ou mamãe. Isso é um grande erro. Outro erro muito comum é permitir que o filho durma junto como casal. Isso é ruim para o casal e para o crescimento saudável do filho.
    Sugiro que vocês conversem francamente e caso não consigam mudar, procurem um psicólogo para ajudá-los.

    Um abraço
    Claudecy de Souza
    Psicólogo – 06/69861
    Terapeuta Sexual
    Psicólogo Comportamental Cognitivo
    www.claudecy.com.br | contato@claudecy.com.br

  • estou casada ha 2 anos e juntos fazem 12 anos meu marido é maravilhoso para mim, porém estou gravida de 5 meses, até o 3 mes fizemos sexo, agora ele nem toca no assunto, ja expliquei para ele que gravidez não é doença e que no meu caso não há contra-indicação porém ele diz que o psicologico dele não aceita tenho certeza que ele não tem outro relacionamento mas as vezes acho que ele me confunde com sua mãe, amiga ou irmã, observo que ele fica vendo mulheres nuas na net já conversamos a respeito e ele fica irritado se toco no assunto confesso me sinto muito mal com essa situação para ele esta tudo bem mas para mim não ele disse que não se deixa levar pelas aparencias que o relacionamento é muito mais do que atração porem porque ele fica olhando as mulheres nuas na net?ele diz que os homens gostam de ver e que ele ve continuará vendo e que não se importa com o que eu penso eu não estou suportando essa siuação e não sei como agir, porem tirando a sexualidade os demais assuntos do nosso relacionamento é perfeito nos damos muito bem em tudo

    Leka, 33 Anos - Ver Resposta

    Oi Leka.
    Sei que você deve estar aflita. Mas vamos com calma.
    É muito comum no período gestacional acontecer do homem não desejar fazer sexo. O mesmo pode acontecer com a mulher. Assim como existem aqueles casais que transam durante a gravidez normalmente. Não existe uma regra que diz que se um ou ambos não fizerem sexo durante a gravidez há algo errado. Cada caso precisa ser analisado individualmente.
    Do ponto de vista físico e psicológico, é importante para a mãe e para o bebê que o casal faça sexo. Isso porque as reações químicas desencadeadas pelo prazer do ato sexual faz o corpo da mulher produzir mais substâncias como a serotonina e endorfina, que além de darem a sensação de prazer, faz muito bem para o bebê, apesar desse não entender nada do que está acontecendo. Isso é maior quando se atinge o orgasmo.
    Quando atendo homens, mulheres ou o casal, e esses estão nessa fase, é muito comum eles falarem da não vontade de fazer sexo, e após a gestação, tudo volta a normalidade. Apesar de incentivamos o casal a fazer sexo nesse período, procurando meios para estimulá-los, por outro lado, muitos descrevem essas situações como algo mais forte que eles. Não têm vontade mesmo. Nesse caso, não podemos desconsiderar a influência da Biologia, da natureza. Por essa ótica, os corpos de ambos já entendem que a “missão do sexo” já está cumprida. Ou seja, agora a mulher está grávida e sua atenção e energia devem ser canalizadas para o desenvolvimento do bebê. É a natureza fazendo a parte dela.
    Há outra questão que parece que é o que mais está angustiando você. Vivemos numa sociedade em que “é função mulher dar prazer ao homem”, “caso contrário, ele irá buscar fora”. Pois é, isso tem muita influência no que muitas mulheres sentem, e parece que você não ficou fora dessa. Sinto uma preocupação muito grande em você ao saber que ele olha para outras mulheres, e claro, isso gera insegurança e receio que ele vá buscar outra. Eu diria, pega leve com ele e com você. Essa pressão e preocupação só vão atrapalhar.
    Há também em muitas mulheres a necessidade de fazerem sexo nesse período para se sentirem desejadas pelo parceiro, já que o corpo muda e isso pode trazer insegurança a mulher.
    Você diz que às vezes ele parece confundi-la com a mãe dele, isso sim, pode ser um problema. E poderá ser maior depois que o filho nascer. Isso precisa ser arrumado.
    Desejo que seu bebê nasça e cresça muito saudável e que o casal se acerte e viva bem.

    Um abraço
    Claudecy de Souza
    Psicólogo – 06/69861
    Terapeuta Sexual
    Psicólogo Comportamental Cognitivo
    www.claudecy.com.br | contato@claudecy.com.br

Contato

  • (11) 5092-3898
  • contato@claudecy.com.br
  • Av. Bem-te-vi, 333 - Conj. 61 - Moema - SP

Mídias Sociais

Newsletter

Cadastre-se e receba novidades em seu e-mail