Destaques

  • lá Dr, Sou casada há 3 anos e de um 6 meses pra cá meu esposo está tendo algumas fantasias que são novas pra mim, uma delas é querer que eu introduza os dedos no ânus dele, gostaria de saber se é algum desejo homosexsual, e também esta querendo sexo toda hora, e fica muito bravo quando não aceito fazer e diz que sou frigida, mas temos um bom relacionamento somos amigos, mas gostaria de uma ajuda pois ele disse que não vai ao piscologo pois tem vergonha por isso estou aqui. Desde já agradeço atenção do Dr.

    Jacqueline, 24 Anos - Ver Resposta

    Olá Jacqueline.
    O desejo de ser penetrado no ânus, não necessariamente significa que ele seja homossexual. A região anal do homem e da mulher são iguais, então por qua a mulher pode sentir prazer nessa região e o homem não pode?
    Mas não da para falar mais sobre essa questão relacionada ao seu marido, por não conhecê-lo.
    Quanto a querer sexo com mais frequência que antes, é importante investigar o que está por traz disso, ou seja, o que está causando essa necessidade. É comum que após análises de casos como esse, em que a pessoa quer sexo de modo "exagerado", encontrarmos a ansiedade. Isso significa que muitos utilizam o sexo como uma via para amenizar essa ansiedade, então, nesse caso, o sexo não tem a função propriamente sexual, precisando da ajuda de profissionais qualificados para mudar esse comportamento.
    Caso precise de mais esclarecimentos, pode entrar em contato.

    Um abraço
    Claudecy de Souza
    Psicólogo – 06/69861
    Terapeuta Sexual
    Psicólogo Comportamental Cognitivo
    www.claudecy.com.br | contato@claudecy.com.br

  • Ano passadp estava muito desconfiada do meu marido,e coloquei uma escuta telefonica no seu trabalho,e em 15 dias descobri a busca incessante dele por mulheres com niveis sociais bem menores que o dele,ja que ele e um grande empresario,e ate com prostitutas.Fiquei mto assustada,me separei,mas ja voltamos.A minha pergunta e: sera que ele e um compulsivo sexual?Porque ate nos meus momentos mais dolorosos,a vezes em que chorei e ele estava perto,ele me agarrou e fez sexo comigo,sem a minha permissao,como estava completamente fragilizada pela situacao,permiti sem sequer ter forca p/ sair daquela situacao e,logico,fiquei arrasada com aquilo.Outras situacoes em que acho estranho,foram qnd ele perdeu o melhor amigo,primo,no mesmo dia fizemos sexo como se nada tivesse acontecido na vida dele,apesar de saber que ele estava sofrendo mto com toda situacao.Bem,a minha pergunta esta meio confusa,mas acho que vcs podem me dar uma LUZ.Obrigada.Monica.

    Monica, 36 Anos - Ver Resposta

    Olá Monica.
    Esses dados que você mensiona, apesar de parecer estranho a você, não são suficientes para um diagnóstico de compulsão sexual. Porém nos sugere que se trata de uma via que ele aprendeu para aliviar a ansiedade.
    É claro que isso deve incomodá-la. Pois pode entrar em choque com o modo como você aprendeu e entende sobre a função sexual.
    Sim, ele pode estar precisando de ajuda. O problema é que provavelmente ele não acha que precisa de ajuda.
    Por outro lado, quem sabe, você possa se beneficiar de uma terapia para saber lidar com essa situação e até mesmo ter condições para se comportar de maneiras estratégicas e com isso ajudá-lo.

    Um abraço
    Claudecy de Souza
    Psicólogo – 06/69861
    Terapeuta Sexual
    Psicólogo Comportamental Cognitivo
    www.claudecy.com.br | contato@claudecy.com.br

Contato

  • (11) 5092-3898
  • contato@claudecy.com.br
  • Av. Bem-te-vi, 333 - Conj. 61 - Moema - SP

Mídias Sociais

Newsletter

Cadastre-se e receba novidades em seu e-mail